Artbeerfest, Caminha

Este fim-de-semana fui a Caminha ao Artbeerfest, já ouviste falar? Aquilo é como se fosse a Meca da Cerveja Artesanal. É um festival internacional de cervejeiras artesanais e mestres cervejeiros onde se juntam centenas de pessoas com a intenção única de beber cerveja como se não houvesse amanhã.

Eu sei que já me disseste que não gostas de cerveja, mas já provaste cerveja artesanal? Não, claro que não é igual à outra. É bem diferente. Tens desde doces, às mais amargas, mais robustas ou mais levezinhas… há até com sabores a frutas. Loiras, ruivas e pretas. Há de tudo. E como sabes  a confecção artesanal faz toda a diferença.

Mas o Artbeerfest é muito mais do que isso. Para começar decorre dentro das muralhas de Caminha, não pagas nada para entrar, podes também petiscar umas tapas ou saborear uma francesinha, reina a animação e a boa disposição, aparecem do nada bandas para animar o pessoal… Fanfarras a tocar músicas dos Balcãs, é incrível. Estás a imaginar tudo bem-disposto a ouvir e dançar músicas como as do Kusturica? Toda a gente acaba por se divertir e passas ali umas horas bem passadas e, se quiseres, bem regadas. À noite há DJ’s a manter o pessoal animado. As cervejas rondam os 2€ a 3€, mas tens a oportunidade de provar cervejas que não compras com facilidade e algumas que eu duvido mesmo que consigas importar.

Este ano estiveram presentes os já habituais cervejeiros nacionais e também cervejeiras de Espanha, Polónia (Browar Pinta), Holanda (Hill Devils), Reino Unido (Moor Beer) e Itália (White Pony).
Para o próximo ano alinhas?
Cheers,
João