Champanheria da Baixa Bistrô

Recebemos há dias um mail do Mark, um Norte Americano que, de visita ao Porto, descobriu o Tripasvisor e decidiu contactar-nos para pedir conselhos e dicas: “We would like a mix of places – really good food, cool places, interesting neighborhood. (…) A mix of $-$$$ would be great. There are so many in Porto…”.
Depois de uma reunião de urgência com os conselheiros do blog redigi um e-mail com as mais variadas sugestões. Uma verdadeira ajuda. Na próxima cobro uns trocos porque isto de andar a organizar roteiros gastronómicos dá um certo trabalho.
Uns dias mais tarde novo e-mail do Mark: “We found this restaurant by accident. The space is amazing. I told the owner that I would tell you about it. Perhaps you would visit it? Champanheria da Baixa Bistrô…”.
Bem que a nova Champanheria já andava debaixo do meu olho há uns tempos, desde que a vi referida na Time Out – novos restaurantes de 2014, mas ainda não tinha experimentado. No mesmo dia reunimos a familia e marcamos mesa.
Situada no cruzamento entre a Rua de Sá da Bandeira e a Fernandes Tomás, bem no coração da baixa Portuense encontramos uma esplanada apetitosa para os dias quentes e um espaço interior com uma decoração incrível. Eu tenho um fraquinho por grandes árvores em espaços fechados… por isso a primeira impressão foi mesmo “Uau!”.
A decor vintage e os jardins suspensos nas janelas também ajudaram…
Primeira tarefa, escolher a sangria. Optamos pela tropical embora eu prefira sempre as mais tradicionais, de branco ou espumante. Neste local podem estar à vontade para escolher às cegas. Pim-pam-pum, pode ser qualquer uma.
Em relação aos comes, têm algumas opções de grelhados, tudo saudável e bem confeccionado. O acompanhamento é escolhido à parte.
Cordeiro de leite – 15€

 

Vieiras. Bem carnudas e suculentas. Recomendo em dias de pouca fome – 17€
Salmão – 12€
Peito de galinha com limão e rosmaninho – 12€
Miminhos no forno – 17€

 

Confit de pato. Se bem se lembram, já foi recomendado no post sobre “paneleirices na cozinha” – 14€
Para acompanhar: o puré (3€), as fritas artesanais (2€), batatas do forno (2€),  alfaces (2€) ou espargos grelhados (3€).

 

Independentemente da vossa escolha, peçam também umas batatinhas fritas. São absolutamente viciantes e saborosas.
A cereja no topo do bolo:
Tarte tatin
Panna cotta com couli de frutos vermelhos
Ou bolo de chocolate.
Voltamos uns dias depois com o Jané e a Francisca para mais umas fotos e um jantarinho a matar saudades das parvoíces. É sempre bom rever quem nos quer bem…
Um spot giro para experimentarem, sem dúvida. Recomendo a Champanheria pelo espaço, pelo ambiente, pela boa música naquele tom que permite conversar e sobretudo pela sangria.
Já agora, vai mais um jarro? Ah, se calhar não é boa ide… ok, pode ser!
Boas garfadas,
Eva