Book

Terminou hoje mais uma edição do Porto restaurant week que, citando palavras da própria organização do evento, “tem por objectivo a democratização do acesso à restauração de luxo, contribuindo em simultâneo para causas sociais”. Este ano infelizmente não estavam incluídos alguns dos restaurantes que marcaram presença em edições anteriores e que fazia sentido que figurassem da tal lista de restauração de luxo ao contrário de alguns que surgiram pela primeira vez este ano e que são desconhecidos do público em geral. Suspeito até que em alguns deles seja possível diariamente jantar por um preço muito mais económico do que durante o porto restaurant week. Ou será que só eu fiquei com esta impressão?
Durante o evento é possível disfrutar de um agradável menu preparado especialmente para a ocasião e que inclui entrada, prato e sobremesa por uns modestos 20€ por pessoa (1€ reverte para as causas sociais associadas). As bebidas e couvert são pagos à parte. E que diferença que isso faz em alguns restaurantes, certo?
Já tivemos verdadeiras desilusões em edições passadas do porto restaurant week, particularmente no Clube da Gula que não voltámos a repetir e também no Foz Velha que apresentou em 2012 um menu muito aquém das formidáveis iguarias que habitualmente se preparam naquela cozinha.
Desta vez a Ana quis experimentar o Book que já abriu há uns anitos na antiga livraria Avis e que o mundo inteiro já conhece, excepto nós. Já me tinham falado imensas vezes sobre o Book, quase todas incluiam queixas tão básicas e absurdas como “a comida estava fria” ou “o bife era duro como sola de sapato“. Comum a todos os comentários uma referência ao preço exagerado dos pratos.
Marcámos no passado Domingo ao almoço. Chegámos às 13h45 e o restaurante estava totalmente vazio. Esperava-nos um menu delicioso: folhado de perdiz sobre cama de cogumelos silvestres e redução de vinho do Porto para começar, como prato principal lombinho de porco preto recheado com alheira, batata gratinada e molho de três pimentas e para terminar bolo de chocolate com espuma de pêssego e molho de frutos vermelhos.
Fiquei agradavelmente surpreendida com o sabor, a confecção e a beleza dos pratos. Não tanto com o serviço.
Boas garfadas,
Eva